Roberto Crema e Claudio Sinoti, a partir de uma perspectiva transdisciplinar, transpessoal e do enfoque junguiano, refletem sobre o momento singular da crise global que a humanidade atravessa, estabelecendo paralelos entre algumas passagens da cristologia envolvidas na Semana Santa e suas ressonâncias arquetípicas e simbólicas, que apontam para o desafio da individuação, a travessia densa e desértica da ‘Via Crucis’ rumo a uma Plenitude possível, inerente ao potencial evolutivo humano.

Roberto Crema

Antropólogo, Psicólogo e Mestre em Ciências Humanas e Sociais pela Universidade de Paris, Roberto Crema é Reitor da Universidade Internacional da Paz - UNIPAZ. Implementador da Formação Holística de Base no Brasil e coordenador, durante vinte anos, do Colégio Internacional dos Terapeutas, é orientador, com a Lydia Rebouças, de uma formação no cuidado integral, Quinta Força em Terapia, na UNIPAZ de Brasília. Pioneiro na abordagem transdisciplinar holística, Crema viaja pelo Brasil e pelo mundo proferindo palestras e orientando cursos e seminários. É autor e coautor de mais de trinta livros, tais como “Introdução à Visão Holística”, “Saúde e Plenitude”, “Antigos e Novos Terapeutas”, “Pedagogia Iniciática” e “Mensagens do Deserto”.

Pin It on Pinterest